quarta-feira, 23 de novembro de 2011

A Doutrina do Choque


Naomi Klein
http://vimeo.com/26773488
Naomi Klein é uma activista política e abre com este filme as entranhas do capitalismo selvagem. Vemos hoje as crises propagarem-se na Europa: Grécia, Irlanda, Portugal, Espanha. A questão fundamental mostrada por ela é a Doutrina do Choque aplicada à população em geral para adoptar sem críticas e aceitar pacificamente as medidas impostas.
Convém ressaltar que em 1951, o psiquiatra Eduard Cameron foi o mentor dessa Doutrina do Choque com o objectivo de apagar o cérebro, transformando os pacientes em verdadeiros zumbis. Tratamentos de choque eram aplicados sem nenhum critério e eram um verdadeiro segredo de Estado. Tudo era feito secretamente.

Donald Rumsfeld e Milton Friedman utilizaram a Doutrina de Choque Económico. Criaram uma escola em Chicago que formava os chamados “chicagos boys”, alguns sul-americanos que receberam bolsas (chilenos e brasileiros).

Todos os governos: Kennedy, Lindon, Johnson, Nixon, Reagan, nos Estados Unidos e Margareth Tatcher – a Dama de Ferro – na Inglaterra, fomentam esta Doutrina do Choque.
Em 1970, Allende vencia as eleições no Chile e Nixon usou toda a sua força para que ele não assumisse o cargo, pois as multinacionais (ITT, gás) eram americanas. Era necessário destruir a economia chilena. O golpe foi dado com todo apoio e repressão do governo americano. O horror perpetrado no Chile levou 13.000 encarcerados ao célebre Estádio, câmara de terror e morte de milhares de chilenos.
O Chile viu-se diante de uma economia desastrosa com aumento dos impostos, desempregados e inflação de 375% ao ano.
A Terapia de Choque beneficiava os ricos e empobrecia ainda mais os pobres. As torturas, o desaparecimento de corpos, fortaleciam o governo Pinochet. O regime de terror instalado deixava a população à mercê dos militares. Convém ressaltar que o Brasil foi o primeiro a sofrer o golpe e a exportá-lo para outros países do Cone Sul: Argentina, Chile e Uruguai. Digamos que o Brasil foi a alavanca que proporcionou outros regimes de terror na América Latina.

A Doutrina do Choque chegou a ser aplicada na Inglaterra por Margareth Tatcher, que sufocou a greve geral dos mineiros, resultado do programa de privatizações de gás, água, electricidade e petróleo.
A Doutrina Keynesiana entrou em vigor e utilizava os mesmos métodos. Em 1991, a Rússia (URSS) dissolve-se e adopta o livre mercado. Foi um choque sem terapia. Teve como consequência milhões de russos na pobreza mais absoluta, sem salários, etc. Moscovo tornou-se um centro de milionários e mafiosos.

Tudo isto nos mostra Namoi Klein neste seu vídeo. Vale a pena vê-lo, divulgá-lo e debatê-lo.

Fonte: http://www.torturanuncamais-rj.org.br/jornal/gtnm_76/cultura.html

Nenhum comentário: