segunda-feira, 21 de março de 2011

A Escravidão do Materialismo


"Escrava do materialismo, a ciência tradicional presume que tudo o que não pode ser medido, testado em laboratório, ou comprovado pelos cinco sentidos ou as suas extensões tecnológicas, simplesmente não existe. Não é "real". A sua consequência: toda a realidade foi esvaziada de sentido e transformada em realidade física. As dimensões espirituais, ou aquilo que eu chamaria de não-físicas da realidade, foram corridas para fora da cidade.
Isso colide com a "filosofia perene", consenso filosófico que atravessa eras, tradições e culturas, e que descreve dimensões diferentes mas contínuas da realidade. Estas vão das mais densas e menos conscientes - aquilo a que chamaríamos de "matéria" - às menos densas e mais conscientes - a que chamaríamos de espirituais."

in "O PODER DO AGORA" de ECKHART TOLLE

Nenhum comentário: