segunda-feira, 30 de agosto de 2010

CODEX ALIMENTARIUS - O CERCO APERTA-SE!

Obrigada, Fernanda Barbosa, pelas horas de pesquisa e por partilhares comigo o resultado do teu trabalho.

"PESQUISE, TIRE SUAS CONCLUSÕES E DIVULGUE

Por mais dantesca que possa parecer essa matéria, podemos concluir que quem manda em nossos governos são as "Corporations", que por meio de seu poder económico, ditam as regras e decidem o rumo da "inocente e distraída" humanidade. Aqui está uma oportunidade do leitor verificar que há um plano em andamento para um extermínio em massa (em outra ocasião falaremos também sobre o suspeito programa REX 84).

A partir de 01 de Janeiro de 2010, entrou em vigor o polémico Codex Alimentarius (Código Alimentar, em latim). Mas você provavelmente não saiba o que é isso, e é exactamente o que eles querem.

Como os meios de comunicação também são controlados pela ELITE GLOBAL, arquitecta desse plano, as informações chegarão ao público distorcidas e levando a população a acreditar que se trata de uma iniciativa benéfica.

O Codex Alimentarius é um Programa Conjunto da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação - FAO e da Organização Mundial da Saúde - OMS. Trata-se de um fórum internacional de normalização sobre alimentos - sejam estes processados, semi-processados ou crus - criado em 1962, e suas normas têm como fachada "proteger a saúde da população". Se você aqui ainda acha que a ONU e a OMS são boazinhas, e que essa matéria faz parte da "delirante turma da teoria da conspiração", você precisa se informar mais.

As normas desse perigoso organismo, o Codex, abrangem ainda aspectos de higiene e propriedades nutricionais dos alimentos, código de prática e normas de aditivos alimentares, pesticidas e resíduos de medicamentos veterinários, substâncias contaminantes, rotulagem, classificação, métodos de amostragem e análise de riscos.

Na versão oficial (excepto as aspas), parece que estão preocupados com a saúde da população, mas na verdade o Codex é uma fonte poderosa de controlo sobre a humanidade e de apreciável lucro para as grandes corporações, especialmente as dos ramos químico e farmacêutico.
Estas normalizações abrangem todos os tipos de alimentos, dos crus aos processados, sendo quase que humanamente impossível tomar conhecimento de todas as medidas que foram criadas. Algumas centenas de directrizes (mais de 400) aparecem no site da Agência (www.codexalimentarius.net), não disponível em português; toda a informação oficial a que se pode aceder está disponível nos sites das Agências e Ministérios governamentais, apesar de estar suprimida e bastante desactualizada e fragmentada pelos sítios... mas não será essa a intenção? Entre centenas de directrizes e normativas, podemos encontrar processos perigosos que dizem respeito à:

- INOCUIDADE DE ALIMENTOS ATRAVÉS DA IRRADIAÇÃO;
- LIMITES MÁXIMOS ALTÍSSIMOS PARA AGROTÓXICOS E QUÍMICOS
- LIMITES MÁXIMOS BAIXÍSSIMOS PARA VITAMINAS E MINERAIS
"Quem controla a comida, controla o mundo!"
Traduzido em miúdos, o Codex vai trazer severas restrições à nossa já precária LIBERDADE de escolha em termos de alimentação e prevenção/tratamento de doenças.

Neste vídeo
http://video.google.com/videoplay?docid=4180896617458159116&hl=pt-BR
veja a palestra da Dra. psiquiatra Rima Laibow, na Associação Nacional de Profissionais de Nutrição (NANP) USA, em 2005, sobre os acordos comerciais da OMC e suas regulamentações acerca da produção e comercialização dos alimentos."

Imagem: Google

2 comentários:

SL disse...

Ja tinha ouvido falar deste Codex Alimentarius...mas não sabia da sua extensão e gravidade. Obrigada Luisa, por partilhares..

Luíza Frazão disse...

Obrigada a ti por comentares
Bjinho
Luíza