segunda-feira, 15 de junho de 2009

SER UM PROFESSOR NA NOVA ERA

A minha profunda gratidão à Isabel Tostão que fez chegar até mim esta mensagem tão importante:

Jeshua canalizado por Pamela Kribbe em Junho de 2009
www.jeshua.net/por

Esta canalização também está disponível em arquivo de áudio, em inglês, em www.jeshua.net. A transcrição foi ligeiramente editada para melhor legibilidade. Nossos sinceros agradecimentos a Maria Baes por ter feito a transcrição


Queridos amigos,

EU SOU Jeshua.

Fui o portador da consciência de Cristo há dois mil anos atrás, e agora vocês são aqueles que carregam essa tocha. É uma tocha de luz que traz mudanças ao mundo, um mundo que tem necessidade de mudanças neste exacto momento. Vocês estão vivendo uma era de crise. Está havendo uma crise financeira, uma crise económica, e também uma crise do planeta, uma crise ambiental. Vocês vivem no meio dessas crises, o que também é uma oportunidade de mudança. Sempre que as coisas mudam de uma forma fundamental, é preciso que muitas coisas antigas despenquem drasticamente e de uma forma fundamental.

Vocês, que são atraídos para as minhas mensagens, são aqueles que devem liderar o caminho dos outros. Sim, vocês nasceram nesta época de propósito; queriam fazer uma mudança, queriam ser a mudança de que a humanidade precisa. Vocês são os Professores da Nova Era. É para vocês que eu trago uma mensagem de esperança e coragem. Quero encorajá-los a assumirem o papel de professores que são. Vocês tiveram muitas encarnações em preparação para este momento, pois agora o planeta e a humanidade estão prontos para uma transformação, uma evolução para uma consciência baseada no coração, que reconhece a unidade de tudo o que vive e respira na Terra. Vocês têm sido os portadores deste sentido de unidade há séculos; vocês já foram Trabalhadores da Luz antes, e agora os tempos estão com vocês! Olhem para além da superfície das notícias aparentemente negativas e ruins. Olhem para além de tudo isso. Esta é uma grande oportunidade para mudança.

É pedido à humanidade que se volte para o seu interior e se dirija às emoções negativas e ao medo que sobem à superfície nos momentos de crise. Agora, mais do que nunca, a humanidade precisa de cura e está preparada para receber a cura. Vocês são aqueles que estão liderando o caminho. Vocês são os Professores da Nova Era, e peço-vos que não se intimidem em relação a vós mesmos. Devido a todas as experiências que tiveram na Terra antes, vocês ficaram desconfiados e intimidados em relação à vossa verdadeira identidade, em relação à luz que carregam dentro de vós. Existe paixão nos vossos corações e almas. Vocês desejam ser a luz brilhante que são, mas também estão se escondendo do vosso próprio poder, porque trazem lembranças antigas de terem sido rejeitados por causa disso, e até de terem sido perseguidos e mortos por isso. Posso ver os vossos medos e insegurança, mas vocês são grandiosos e poderosos, se acreditarem em vós mesmos. Vêm de uma longa jornada. Visitaram a Terra muitas vezes e ganharam experiência. Agora são almas maduras e velhas, e desejam compartilhar a sabedoria que adquiriram e também o amor em vossos corações. Peço-vos que olhem para o vosso íntimo e que sintam a paixão com a qual nasceram – a paixão para fazerem a diferença. Peço-vos que não se escondam mais!

Como devem ensinar? O que é este ensinamento do qual falo? Não se trata de levar teorias e conhecimentos de livros para os outros; não se trata de fazer sermões nem de dizer às pessoas o que elas devem fazer. Trata-se de uma vibração que vocês trazem para o mundo, uma vibração de compaixão e paz interior. Assim, quando se dirigem às vossas próprias partes sombrias, às vossas emoções de medo, de raiva e falta de confiança, quando irradiam luz para essas partes sombrias, nesse momento as vossas vibrações elevam-se e vocês trazem uma nova luz para este mundo! Ela é visível em vossos olhos, na forma como falam com os outros, na forma como ouvem os outros. Não a escondam, sejam o mais abertos que puderem, porque vocês são lindos. No momento em que trazem essa vibração para o mundo, as pessoas são atraídas para vocês. Não porque vocês conhecem a verdade, nem porque sabem o que vai acontecer com elas, mas porque existe um espaço de segurança e amizade ao redor de vocês. Elas sentem-se aceites junto a vocês. Isto é que é ensinar na Nova Era: aceitar o outro completamente, tanto com a sua luz quanto com as suas partes sombrias, vendo a sua beleza interior, a sua paixão e inocência, e encorajando-o a ver-se a si próprio.

Ser um Professor da Nova Era é diferente do que vocês estavam a imaginar, é encontrar a paz nas profundezas de si mesmo e não ser desviado do caminho pela negatividade que está à sua volta. Num certo sentido, significa desapegar-se do mundo, não fazer parte do mundo mas, ao mesmo tempo, estar aberto a todos, e permitir que eles experimentem a vibração que vocês estão irradiando para o mundo. Estar no mundo, mas não ser do mundo.

Como vai ser esse ensinamento, que forma ele irá tomar, será diferente para cada indivíduo. Cada um de vocês tem uma certa paixão, um talento, um desejo de fazer uma coisa específica em vez de outra. A sua energia, a sua luz, pode tomar muitas formas, e, para mim, a forma específica que ela toma é pouco importante. O que eu gostaria é que cada um de vocês se consciencializasse de que é um professor, que veio de uma longa jornada. Encorajo-o, principalmente nestes tempos, a não se esconder mais, a partilhar a sua sabedoria com os outros e manter a sua paixão desperta. É isto que significa trazer uma nova energia para este mundo.

LIDANDO COM A ALTA SENSIBILIDADE

Todos vocês se tornaram muito sensíveis. Os vossos corações foram abertos. Nesta era, a energia feminina está renascendo através de vocês, de muitas maneiras, pois vocês são os primeiros a abrirem-se para a consciência baseada no coração, reconhecendo a unidade de toda a vida. Vocês abriram os vossos corações e, como efeito colateral, absorvem os sentimentos e emoções daqueles à vossa volta, e os sentimentos que estão simplesmente presentes na atmosfera ao redor da Terra. Às vezes esta sensibilidade pode ser um peso. Algumas vezes vocês absorvem tanta negatividade, que se sentem abatidos e deprimidos, e não sabem sequer de onde isso está vindo.

Abrir o coração, desenvolver o lado feminino, estar receptivo e aberto às energias ao seu redor, faz parte do desenvolvimento pelo qual estão passando. Mas também é importante que acolham a vossa energia masculina, não no sentido tradicional, mas de um modo novo e mais elevado. No passado, uma energia masculina agressiva dominou a vossa história. Essa energia estava voltada para a aquisição do poder e a manipulação da realidade. Geralmente vocês associam a energia masculina à opressão, agressividade e ao egoísmo. Estão precisando de uma nova definição de energia masculina. Vocês precisam da energia masculina para equilibrar o vosso lado feminino sensível. A energia masculina, na sua forma mais elevada, tem a ver com foco, estabelecimento de limites ao redor de vocês, e determinação sobre o que querem e o que não querem que entre em seu campo energético. Uma energia masculina elevada não permitirá que vocês sejam completamente absorvidos pela negatividade ao vosso redor. Ela ajudar-vos-á a estabelecer limites à vossa volta. Num certo sentido, esta forma superior de energia masculina é como um cavaleiro postado junto à entrada do campo energético de cada um de vocês, separando o que os alimenta e nutre daquilo que não os alimenta nem nutre. Vocês precisam da energia masculina no vosso interior para alimentar o vosso lado feminino e extremamente sensível. Assim, peço-vos que repensem a energia masculina, e encontrem, dentro de vós mesmos, uma nova definição para ela, um novo sentimento a respeito dela. Talvez possam imaginá-la como um cavaleiro ou um guerreiro pacífico, que vos ajuda a distinguir o que é certo para vocês e a se afastarem quando sentem que certos ambientes, ou certas pessoas, não estão servindo aos vossos ideais mais elevados.

Ser um Trabalhador da Luz e um Professor quer dizer estar no mundo e estar aberto e desejoso de irradiar a sua vibração quando as pessoas pedem por isto. Mas, por outro lado, também significa saber quando se afastar, quando dizer não, e quando tomar conta de si mesmo – algo que tem sido muito necessário nesta época em que a energia pode ser muito pesada e muito difícil.

Respeite-se e crie um espaço, todos os dias, para se voltar para o seu interior e sentir quem você é. Criar um espaço para si mesmo pode ser entendido ao pé da letra, isto é, encontrar um espaço físico na sua casa, ou na natureza, onde você possa sentir-se tranquilo, onde possa estar totalmente consigo mesmo. Num lugar relaxante como esse, você pode entrar num espaço interior, e isto é o que realmente importa. Dentro de você existe um espaço que é realmente como um tipo de consciência. É a sua existência, o âmago daquilo que você é, e não pode ser expresso em palavras. Você pode sentir essa consciência especialmente nos momentos de quietude, e quando está sozinho e não está sendo bombardeado pelos acontecimentos externos, barulhos, situações e coisas que o distraiam. Para encontrar esta quietude todos os dias, é importante permanecer consciente de quem você é – um professor e portador da luz para esta realidade. Então, peço-lhe que encontre o equilíbrio entre ser você mesmo e estar no mundo, e que sinta qual o ritmo que se ajusta melhor a você. Use a energia masculina para distinguir e determinar o que é certo para você.

REDEFININDO A ENERGIA MASCULINA

Está na hora de os Trabalhadores da Luz equilibrarem as energias masculina e feminina dentro deles. Num certo sentido, acabaram por ficar com medo do vosso próprio poder. Houve um tempo, um tempo muito antigo, em que vocês mesmos usaram o poder de uma forma da qual vieram a arrepender-se mais tarde. Foi em tempos antes de Cristo, antes da minha vinda à Terra; nos tempos da Atlântida e em épocas anteriores a ela. Vocês ainda guardam lembranças daquelas eras, e não querem utilizar mal os vossos poderes nunca mais. Mas, num certo sentido, a vossa reacção foi extrema demais. Agora querem tanto livrar-se do vosso poder, que muitas vezes são incapazes de se sustentarem, de saber claramente quem vocês são, o que desejam ou não desejam. Isto é lamentável porque, deste modo, vocês ficam exaustos e deprimidos com o que acontece ao vosso redor, pois recusam-se a assumir o vosso poder, não no sentido de mandar nos outros, mas no sentido de se conectarem com a vossa paixão natural, com os vossos instintos naturais, com o vosso conhecimento. Ficou difícil achar uma definição positiva para a energia masculina, mas eu os encorajo a encontrar uma, e a abraçá-la, pois é através do renascimento da energia masculina que vocês reencontrarão o vosso poder verdadeiro.

A energia feminina conecta o indivíduo à sua alma. A alma fala convosco através dos sentimentos para os quais a energia feminina é receptiva. Mas para trazer o conhecimento do feminino para o mundo, para manifestar a paixão da sua alma no mundo, você precisa saber como proteger a sua energia feminina, como se manter à distância quando necessário, como se manter centrado e calmo no meio de energias que não ressoam consigo. Para ser o professor e o pioneiro que você realmente deseja ser, é preciso abraçar tanto o aspecto feminino quanto o aspecto masculino do seu ser.

Tenha coragem em tudo isto. As coisas estão a mudar e você não está só. Muitas pessoas ao redor do mundo estão a passar pelo mesmo processo. Existem muitos companheiros Trabalhadores da Luz vivos neste momento, e se se conectar com eles a partir do seu coração, poderá sentir que são seus irmãos e irmãs. Distância, tempo e espaço não importam. Nem a nacionalidade, nem a raça. Sinta o campo de consciência Crística que agora está se aproximando mais da Terra. Embora possa não ser evidente nas notícias dos jornais e da televisão, esse campo está aí. Uma nova consciência está despertando.

Estou a chamá-lo. Faço parte deste enorme campo de consciência tanto quanto você faz. Somos um nesse campo. Somos iguais e estou a chamá-lo para casa. Pode sentir o lar no planeta Terra agora mesmo, se puder se lembrar de quem é, se puder sentir verdadeiramente a sua divindade e a luz angelical que flúi através de si.

Eu o amo.
Aceite a minha energia.
Agradeço-lhe por recebê-la

© Pamela Kribbe 2008
www.jeshua.net

Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br
Revisão de Luiz Corrêa. (e minha)

imagens: Google (pintura de Herman Smorenburg)

Freya


"Eu sei que acontecimentos e encontros sincrónicos são como devaneios, cheios de símbolos e temas a que se devia prestar atenção. Portanto, interroguei-me sobre o significado do seu nome, Freya. Era o nome da Grande Deusa do Norte da Europa, a deusa da fertilidade, do amor, da Lua, do mar, da Terra, do mundo inferior, da morte, do nascimento, das virgens, das mães, dos antepassados. Tinha tantos atributos que os eruditos que tentaram pôr-lhe uma etiqueta não conseguiram. Em suma, era tão multifacetada como qualquer outra versão da Grande Mãe.

Freya era a deusa da juventude, amor e beleza em O Anel dos Nibelungos, de Richard Wagner, a quem Wotan fez a dádiva dos gigantes em troca da construção do Valhalla, o seu castelo-fortaleza e monumento à sua eterna forma e masculinidade. Trata-se de um tema recorrente na mitologia dos patriarcados: é Agamémnon em A Ilíada, sacrificando a filha, Ifigénia, para que a sua armada pudesse navegar para Tróia; é Zeus concordando que Hades podia raptar Perséfone. É também a metáfora, para a psicologia, dos homens que trocam a sua juventude, a importância do amor e uma apreciação da beleza pela sua ambição. Sacrificam a sua anima, suprimindo a faceta feminina da psique em prol do poder. Não se permite ao feminino que se desenvolva e contribua para a criatividade, sensibilidade e perspectiva da personalidade masculina. A anima, simbolizada por uma donzela, é vista e tratada da mesma maneira que as mulheres – desvalorizada e suprimida no mesmo grau.

Isso também acontece às mulheres. Repudiar as qualidades da juvenil Freya é o preço do sucesso no mundo dos homens. Uma mulher não consegue obter êxito se se perceber que é demasiado feminina, que tem um coração terno, é vulnerável ou emocional. Nem pode ter sucesso, geralmente, se possuir a confiança em si mesma da Grande Deusa Freya, porque então não saberá qual o seu lugar."

Travessia para Avalon, Jean Shinoda Bolen