terça-feira, 3 de março de 2009

Por que sou feminista


Essencialmente por solidariedade para com todas aquelas magníficas mulheres que abriram caminhos e nos fizeram a papinha toda...

Parece óbvio que, no processo de reaverem direitos usurpados, as mulheres perderam alma. Mas a mim o que me parece é que aspectos da personalidade feminina se sobrepuseram e dominaram o panorama. Atena, sobretudo, sobrepôs-se a Deméter, a Vénus, a Héstia, a Sofia… Eram os aspectos necessários para uma afirmação no mundo, para adquirir a indispensável autonomia económica. Sem ela a dependência não acaba nunca.

Agora, reparem nos sectores onde a mulher não penetrou – militar, religioso, económico/alta finança – e vejam o caos e a ameaça…

A ilustrar, clique sobre a imagem e veja um vídeo esclarecedor e divertido sobre o modo pomposo e predador como o patriarcado tem, bem sozinho, gerido o sector de que mais se fala actualmente…