terça-feira, 3 de junho de 2008

UMA NOVA HUMANIDADE PRECISA-SE

Agora, mais do que nunca, a causa da Mulher é a causa de toda a Humanidade.
(Boutros Ghali)

Por cada mulher cansada de aparentar debilidade, existe um homem débil cansado de parecer forte.

Por cada mulher cansada de ter que de passar por tonta, há um homem farto de aparentar saber tudo.

Por cada mulher qualificada como demasiado emotiva, há um homem a quem foi negado o direito de chorar e de ser delicado.

Por cada mulher considerada como pouco feminina quando compete, existe um homem obrigado a competir para que ninguém duvide da sua masculinidade.

Para cada mulher farta de ser considerada um objecto sexual, existe um homem preocupado com a sua potência sexual.

Para cada mulher que não teve acesso a um trabalho nem a um salário satisfatório, existe um homem que deve assumir a responsabilidade económica por outro ser humano.

Para cada mulher que desconhece os segredos de um automóvel, existe um homem que não aprendeu os segredos da arte de cozinhar.

Para cada mulher que dá um passo em direcção à liberdade, há um homem que redescobre o caminho da sua própria libertação.

A Humanidade possui duas asas: uma é a Mulher e a outra é o Homem. Enquanto ambas estas asas não se abrirem, a Humanidade nunca poderá voar.

Precisamos de uma Nova Humanidade: precisamos de voar!

(Autor desconhecido)
Imagems: Google

Neal Donald Walsch no cinema


Conversas com Deus - o filme

“Um filme que nos conta a história do primeiro livro de Neale Donald Walsch. Mostra-nos como por vezes é preciso ir até ao fundo "do poço" para percebermos que precisamos de mudar algo na nossa vida.

Conta-nos a história de um homem que, por uma sucessão de eventos, consequência das suas escolhas, perdeu tudo o que tinha como certo na sua vida. No fundo da descida do desespero, clamando por respostas às suas perguntas, estas começam a chegar...

O filme começa de uma forma pouco clara, mostrando-nos a vida de Neale por entre pedaços soltos de palestras. Depois começam a surgir os flashbacks, levando-nos em viagem pelas suas recordações (interpretado por Henry Czerny).

Embora não aprofunde muito as questões dos livros, leva-nos a questionar as crenças que temos sobre o mundo e a descobrir a nossa verdade interior.

Uma produção/direcção de Stephen Simon, produtor do filme "Para além do horizonte" e co-fundador do Spiritual Cinema Circle."

Sofia Morgado (adaptado)

..........................................................................................................................................................................

Clique sobre a imagem (Google) para vídeos em inglês: