sábado, 23 de fevereiro de 2008

AMAR


Amar

“Sabes tu o que quer dizer amar, sentir o teu coração tão repleto de alegria e gratidão que tu não possas contê-las, sendo necessário que transbordem em direcção a toda a gente à tua volta? É uma magnífica sensação de bem-estar, e de unidade com toda a vida. Receio, ódio, ciúme, inveja e avareza desaparecem quando existe amor, pois não há lugar para as forças negativas e destrutivas na presença dele.

Quando o teu coração estiver frio e tu não demonstrares amor algum, não desesperes, mas procura à tua volta e encontra algo que possas amar. Pode ser uma coisa muito pequena, mas essa pequena centelha terá a capacidade de incendiar todo o teu ser até que o amor se acenda em ti. Uma pequena chave pode abrir uma grande porta. O amor é a chave para cada porta fechada.

Aprende a utilizá-lo até que todas as portas tenham sido abertas. Começa por onde estás. Abre os olhos, abre o teu coração, descobre algo que seja necessário e dá-lhe resposta.”

Eileen Cady (co-fundadora de Findhorn), Abrindo Portas que Há em Nós

Imagem: www.mtf.pt