terça-feira, 1 de julho de 2008

As Meninas Boazinhas Vão para o Céu, as Más Vão à Luta...


Ute Ehrhardt

Alemã de origem, é formada em psicologia

e, além de sua prática psicoterapêutica,

possui uma larga experiência de trabalho

nas áreas de formação e em consultoria

psicológica no mundo empresarial.

"Na minha obra procuro mostrar pq

as mulheres bem comportadas

não chegam a lado nenhum,

descrevendo as diferentes maneiras

que possibilitem às mulheres passar de pessoas:

· resignadas e bem comportadas a pessoas alegres e capazes de assumir uma resistência despreocupada...

· que permitem às mulheres resolver a contradição entre a acção orientada para o benefício próprio e o convívio equilibrado com os outros...

· explicar igualmente a posição que a Nova Mulher deve ter no seu conflito entre a dependência e a autodeterminação. As mulheres podem manter um equilíbrio na vida e exercer os seus direitos com consciência e boa disposição. Podem ser fortes sem tornar difíceis as suas relações e amizades."

Alguns livros da Ute Ehrhardt

* As Boas Raparigas Vão pró Céu, As Más Vão Para Todo Lado

* A Cada Dia Menos Boazinha

* As Mulheres São Simplesmente Melhores

....................................

As Boas Raparigas Vão pro Céu, As Más Vão Para Todo Lado

Apresentação da edição portuguesa:

"Algures entre uma fraca auto-estima e atavismos adquiridos na infância, reside a razão porque tantas mulheres, ainda hoje, preferem renunciar aos seus objectivos pessoais e permanecer na sombra.
Ute Ehrhardt, que detém uma longa prática de psicoterapia, propõe dois modelos explicativos para esse estado de coisas: passividade e auto-condicionamento, resultantes de modelos mentais ultrapassados.
Há que ser optimista, as coisas podem mudar! A autora propõe uma série de estratégias capazes de ajudar as "boas raparigas" a libertarem-se do "bom comportamento", afirmando de forma adulta e positiva
os seus objetivos e interesses."

Lealdade Feminina

6 comentários:

Ana disse...

Ainda há "boazinhas"?

Luíza Frazão disse...

Achas que não?

Nana Odara disse...

E pior do que boazinhas são as bobinhas mesmo... mas elas estão acordando... felizmente...
Obrigada pela blogada... antes ficava assustada qdo a Rosa publicava um texto meu... quase em pânico...rs... agora estou ficando sem vergonha...rs... tô até gostando...rs...
Beijinhos...

A LF saúda a Deusa dentro das mulheres latinas...

Luíza Frazão disse...

É.Creio que o melhor que podemos pedir à Vida, ou à Deusa mesmo, é CONSCIÊNCIA... Obrigada pelo texto.

Abraço

Nana Odara disse...

O texto não é meu... é da divulgação da autora...

Green Womyn disse...

Ontem mesmo eu disse esta frase para uma pessoa...