quarta-feira, 28 de maio de 2008

Equívocos Espirituais



Encontro de Solidariedade Cósmica

Tendo em conta o grande vazio Espiritual que habita a Humanidade, tendo em conta a ignorância que os Homens têm da sua Vida Interior, e o não saber como contactar

a dimensão do Sagrado-em-Si, pressionados

por uma Obscuridade Social que a todos condiciona,


e tendo igualmente em conta a Viragem dos Tempos,

em que altas frequências baixam sobre o Planeta,

criando no Inconsciente Colectivo das massas,

antes agnósticas e materialistas,

uma receptividade excessiva e imatura,

que as leva a não saber discriminar qualquer expressão aliciante e apelativa de pseudo-Espiritualidade,

importa lembrar Verdades Fundamentais,

que acordem a memória amorosa das Almas.


Uma vez que agora, as massas aceitam sem nenhuma reserva,

valores equívocos aparentemente luminosos,

sem saber denunciar o gérmen perverso

de um egocentrismo separatista que os inspira.

São Verdades Eternas,

expressão das grandes Leis que regem o

Mundo.

Leis que irão inspirar e iluminar a nova Espiritualidade

dos Homens e das Mulheres de Boa-Vontade

capazes de criar um Futuro melhor.

Maria Flávia de Monsaraz

"O EMBUSTE"

- a Lei da Atracção, a Personalidade e a Alma -

o fascínio do Desejo, o desejo de Fascínio e outros equívocos espirituais"



Ver em NOVIDADES


4 comentários:

Isabel Faria disse...

Olá Luiza,
agradeço este abre-olhos porque eu realmente já tinha pensado se faria bem ou mal em não ir a essa tal conferência sobre "O Segredo"! Acho que já estão a fazer disso um espectáculo e começa a perder credibilidade. Aquilo que eu li aqui veio realmente confirmar essa situação.
Beijinhos e um abraço da Isabel Faria

Luíza Frazão disse...

Querida Isabel,
na verdade, isto começa a soar a "se tiver o carro, a casa, a piscina, a pessoa..." serei feliz, ou seja, espero que algo fora de mim, pessoa ou objecto, preencha o vazio da minha alma. A verdadeira espiritualidade é outra coisa. Dá trabalho, aprender a formular desejos em conformidade com a alma...
Um abraço
Luíza

Anônimo disse...

Querida Luíza,
Partilho contigo que a verdadeira espiritualidade é outra coisa! O maior trabalho é acreditar nas bases do "Segrego". Começa no conhecimento das Leis Universais, que são a chave para a sabedoria e o Poder Interior. E como diz a Vera o segredo da vida, não está em lutar ou desejar, mas em SER a pessoa que nascemos para vir a ser, sem medo de irradiarmos a nossa Luz... Bjs, Margarida Neto

Luíza Frazão disse...

Obrigada pelo teu comentário tão oportuno, Margarida.

Abraço