segunda-feira, 27 de agosto de 2007

ÍTACA

Se vais iniciar a viagem para Ítaca,
pede que o teu caminho seja longo,
rico em experiências e em conhecimento.
A Lestrígones
e a Cíclope,
ou ao irado Poseidon, nunca temas,
não encontrarás tais seres na tua rota
se mantiveres alto o teu pensamento e limpa
a emoção do teu espírito e o teu corpo.
Nem a Lestrígones e a Cíclope,
nem ao feroz Poseidon, encontrarás jamais,
se não os levares dentro da tua alma,
se não for a tua alma quem diante de ti os põe.

Pede que o teu caminho seja longo.
Que numerosas sejam as manhãs de Verão
em que com prazer, chegues feliz
a baías nunca vistas;
detém-te nos empórios da Fenícia
para comprar as formosas mercadorias,
madre-pérola e coral, e ambar e ébano,
perfumes deliciosos e diversos,
investe quanto possas em perfumes voluptuosos e delicados;
visita muitas cidades do Egipto
e avidamente aprende com os seus sábios.

Mantém sempre Ítaca no teu espírito.
Chegar lá é a tua meta.
Mas não apresses a viagem.
Será melhor que ela se estenda por muitos anos;
e na tua velhice chegues à ilha
rico com o que ganhaste no caminho,
sem esperar que Ítaca te enriqueça.

Ítaca ofereceu-te uma viagem maravilhosa.
Sem ela não te terias posto ao caminho.
Mas nenhuma outra coisa te poderá dar.

Ainda que pobre a encontres, não te terá enganado Ítaca.
Rico em saber e em experiência de vida, como chegaste,
terás compreendido então o que significam as Ítacas.

Cavafy (1863-1933)

(Http://oceanus.occidentalis.weblog.com.pt)
Imagem: mtestepamdi.files.wordpress.com

DIÁRIO DA VIAGEM DE LEYLA A FINDHORN

Imagem: http://www.leylahdiariodeviagem.blogspot.com/

"O HOMEM SUSTENTÁVEL"

MijnUranischeLeermeester,1983, Diana Vandenberg

"Uma abordagem masculina e contemporânea da ecologia espiritual
A mente racional do masculino adora gerar ordem a partir do aparente caos da criação. Quer respostas para tudo, compreender como tudo funciona. MENTE , MENTE, RAZÃO. E o coração? E as emoções?
Hoje temos o convite e o dever de viver de maneira sustentável, em harmonia com todas as formas de vida que nos rodeiam. Mas continuamos a esquecer os nossos corações, anestesiando-nos para podermos ter mais e mais, muito além do que necessitamos.
Nós, homens, temos que começar a conectar-nos com os nossos sentimentos, o nosso coração, a nossa essência, para refrearmos os nossos hábitos puramente racionais, muitas vezes destrutivos para o planeta. Desta maneira, os nossos filhos poderão herdar um planeta Terra habitável.
"Nós não herdámos a terra dos nossos ancestrais, mas pedimo-la emprestada aos nossos filhos"

O que significa ser um homem sustentável em todos os níveis do nosso ser, colocando-nos de volta na comunidade da vida, compartilhando com outros seres que chamam este planeta de LAR?

Durante este encontro de homens permitiremos à mente continuar com a sua dança, enquanto exploraremos outras dimensões do masculino, outras percepções e outras relações através do ritual, da dança, da música e do trabalho corporal."

Craig Gibsone

"Australiano, músico, pintor e pai. Há 30 anos coordena grupos e workshops de desenvolvimento humano e autoconhecimento em diversos países. Há 35 anos vem curando, com meditação intensiva e processos psicodinâmicos, as feridas deixadas pela sua educação num ambiente masculino agressivo. Trabalha com o movimento de homens, sobretudo na Comunidade de Findhorn, Escócia, da qual foi director durante 5 anos. Praticante de caminhos espirituais tanto do Oriente como do Ocidente, o seu objectivo é a aplicação dos mesmos na vida quotidiana. Craig é coordenador de Educação do Projecto de Ecovila de Findhorn e trabalha internacionalmente com o movimento global de ecovilas como educador e consultor para a sustentabilidade."

http://www.integria.org

___________________________________________________________________

Para saber mais sobre a questão da IDENTIDADE MASCULINA, leia os trabalhos da psicóloga CRISTINA MONTENEGRO (procure na lista dos "colunistas", ao fundo da página).

Outro sítio interessante sobre o tema.