terça-feira, 10 de julho de 2007

Escrita autobigráfica e criativa

OFICINAS DE ESCRITA AUTOBIOGRÁFICA E CRIATIVA
"Tal como fazemos alongamentos para manter a postura física, escrever ajuda-nos a manter a postura mental"
Escrever é:

  • criar sentidos
  • organizar o caos interior
Escrever permite:

  • ter acesso à reserva de conhecimento e sabedoria acumulada ao longo da vida
  • ouvir e fazer-se ouvir
  • validar pontos de vista próprios
  • reforçar a identidade
  • dar espaço e voz à Criança Interior
  • ler melhor
  • conviver
Óptimo complemento para o Método Louise Hay onde se é estimulado a escrever sobre aquilo que se viveu e aquilo que se quer viver.

Workshops de fim-de-semana ou cursos de maior duração.


MÉTODO LOUISE HAY

"Existe no seu íntimo um poder e uma inteligência muito poderosos que reagem constantemente aos seus pensamentos e às suas palavras. À medida que for aprendendo a controlar a sua mente, pela escolha consciente dos seus pensamentos, vai-se alinhando com esse poder."
Louise Hay

O curso baseia-se na obra PODE CURAR A SUA VIDA, de Louise Hay.
Durante dez semanas, em sessões de cerca de duas horas, praticamos técnicas de relaxamento, meditação induzida e visualização criativa que nos ajudam a trabalhar as emoções de uma forma poderosa, libertando-as da sua negatividade e promovendo uma maior serenidade e alegria de viver. Ao longo dessas dez semanas, cria-se entretanto um ambiente de apoio e de partilha muito rico, que ajuda a dissolver bloqueios pessoais, bem como a ter maior à vontade, segurança e prazer nas relações com os outros.

Alguns pontos fundamentais da filosofia de Louise Hay

- O que nós damos nós recebemos
- Aquilo em que acreditamos sobre nós e sobre a vida torna-se verdade para nós
- Os nossos pensamentos são criativos
- Nós somos merecedores de amor
- Auto-aprovação e auto-aceitação são as chaves para mudanças positivas
- Nós podemos libertar o passado
- O amor é a força de cura mais poderosa que existe

O desafio vai então no sentido de largarmos as nossas "máscaras", confiarmos no processo da vida, decidirmos o que queremos para nós e assumirmos o nosso poder.
Imagem: www. rafaelcostamar.net