sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

Lembrar Kalil Gibran


Amai-vos...

Amai-vos um ao outro,

mas não façais do amor um grilhão.

Que haja, antes, um mar ondulante

entre as praias da vossa alma.

Enchei a taça um do outro,

mas não bebais da mesma taça.

Dai do vosso pão um ao outro,

mas não comais do mesmo pedaço.

Cantai e dançai juntos,

e sede alegres,

mas deixai

cada um de vós estar sozinho.

Assim como as cordas da lira

são separadas e,
no entanto,

vibram na mesma harmonia.

Dai o vosso coração,

mas não o confieis à guarda um do outro.

Pois somente a mão da Vida

pode conter o vosso coração.

E vivei juntos,

mas não vos aconchegueis demasiadamente.

Pois as colunas do templo

erguem-se separadamente

E o carvalho e o cipreste

não crescem à sombra um do outro.

Gibran Kahlil Gibran (poeta e pintor que nasceu em 1883, no Líbano, e faleceu em 1931, nos Estados-Unidos, país onde viveu grande parte da sua vida. A sua obra mais conhecida é a compilação de poemas O PROFETA)

Imagem: Imagem: criss.site.voila.fr/terragen/meditation.jpg



Nenhum comentário: